Esperado desde que foi exposto na última edição do Salão do Automóvel de São Paulo, o Dodge Durango enfim chega ao Brasil, importado dos Estados Unidos. O modelo chega nas versões Crew e Citadel, cujos preços sugeridos são de R$ 189.900 e R$ 209.900, na ordem.

O Durango Crew vem de série com bancos revestidos em couro, central multimídia com tela LCD de 6.4” e 30 GB de memória, rodas de liga leve aro 18”, ar-condicionado com regulagens individuais de temperatura, seis airbags, freios ABS com EBD e controles eletrônicos de tração e estabilidade.

A versão Citadel adiciona teto solar, faróis de xenônio, grade dianteira com acabamento cromado, rodas aro 20”, volante com regulagens elétricas e sistema de entretenimento com tela de 10” para os passageiros do banco de trás.

As duas versões oferecem terceira fileira de bancos, que amplia a capacidade do habitáculo para sete ocupantes. Corpulento, o Durango tem 5,08 metros de comprimento, 1,92 m de largura, 1,80m de altura e 3,04 m de distância entre-eixos. O peso ultrapassa duas toneladas. O único motor oferecido é o 3.6 V6 Pentastar, capaz de render 286 cv de potência e 35,4 kgfm de torque. O câmbio é automático de cinco velocidades e a tração é 4×4 permanente.

Fotos | Dodge/Divulgação

 

Tags: , , ,