A qualquer momento, a Volkswagen poderá apresentar o Jetta 2013. A marca já distribuiu material sobre o modelo às concessionárias e o retirou temporariamente do configurador em seu site. Engana-se, contudo, quem pensa que o sedã receberá alterações expressivas. A nova linha seguirá sem alterações visuais e com pacotes de equipamentos semelhantes. O sedã continuará sendo oferecido nas versões Comfortline e Highline.


A configuração de entrada permanecerá oferecendo airbags frontais e laterais, 16”, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, faróis de neblina, alarme, vidros, travas e retrovisores elétricos, som com bluetooth e entrada auxiliar, computador de bordo e ar condicionado Climatic. Sob o capô está o velho bloco 2.0 Flex, capaz de gerar potência de 120/116 cv e torque de 18,4/17,7 mkgf, associado a duas transmissões: manual de cinco velocidades e automática de seis.

Já o Jetta top de linha permanecerá acrescentando sistema multimídia com tela sensível ao toque, bancos em couro, rodas aro 17”, ar-condicionado Climatronic com duas zonas, cruise-control, sensores crepuscular e de chuva, controle eletrônico de estabilidade ESP e airbags de cortina. Em termos mecânicos, o Highline continuará destoando do Comfortline, com motor 2.0 turbo de 200 cv de potência e 28,5 mkgf de torque, câmbio automatizado DSG de seis marchas e suspensão traseira multilink.

Foto | Volkswagen/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

 

Tags: , , ,