Após 14 anos e 813 mil unidades vendidas, o Fiat Siena finalmente recebeu uma nova geração. Agora chamado Grand Siena o sedã quer parecer mais do que um Palio com mala maior. Não deixou de ser compacto, mas o maior espaço interno em relação ao hatch é uma das justificativas para o novo nome.

O design é independente do Palio. Ele está mais elegante, com linha de cintura alta e ascendente, acompanhada por um vinco lateral que parte logo acima do para-lama dianteiro para terminar nas lanternas traseiras, que por sua vez continuam invadindo a tampa do porta-malas, que recebeu um rebaixo para acomodá-las. Elas contam com filtros para as luzes de freio e seta que fazem parecer que as luzes são de LEDs. O Siena está mais harmônico, parecido com o JAC J5 um pouco, mas quem mandou este ter design italiano?O interior lembra bastante o do novo Palio, também evoluindo quanto a melhora da montagem e na qualidade do material empregado. A diferença está no quadro de instrumentos, exclusivo e com iluminação branca e Welcome Moving (os instrumentos se movem ao girar a chave), além dos frisos ao redor da moldura central e das imponentes saídas de ar central e volante. Há ainda aros cromados ao redor da coifa e das saídas de ar-condicionado. É pelo espaço interno que se percebe o quanto o Siena cresceu.Maior para todos os lados, tem 4,29 m de comprimento, 2,51 m de entreeixos, 1,70 m de largura e 1,51 m de altura, o que resignifica que ele está 134 milímetros mais comprido, 61 mm mais largo, 53 mm mais alto, e com entre-eixos é 137 mm maior. Não é um compacto com dimensões de médio como Versa e Cobalt, mas o Grand Siena tem praticamente as mesmas dimensões do velho Tempra. O porta-malas passou dos 500 para 520L de capacidade e tem maior vão de acesso. Por dentro há até 15 porta-objetos, dependendo da versão.A Fiat diz que segurança foi uma das palavras de ordem; todas as versões possuem air bag duplo frontal, freios ABS com EBD e terceiro apoio de cabeça traseiro rebaixado e com regulagem de altura. Air bags laterais dianteiros voltam a ser opcionais, como há alguns anos. A suspensão foi calibrada para garantir a segurança que a da geração anterior, um tanto mole, não transmitia. A suspensão traseira agora é derivada do Fiat Punto, e com isso a bitola traseira ficou maior que a dianteira, o que deixa o carro mais estável.As opções de motorização não são inovadoras. O motor Fire 1.4 EVO que equipa a versão Attractive produz potência máxima de 85 cavalos e torque de 12,4 kgfm a 3.500 rpm com gasolina, enquanto que com etanol, sua potência é de 88 cv e seu torque, de 12,5 kgfm a 3.500 rpm. Na versão Tetrafuel, quando abastecido com GNV ele gera 75 cv.

Nas versões Essence, com câmbio manual e Dualogic,  o motor E.torQ 1.6 16V Flex gera potência de 115 cv e torque máximo de 16,2 kgfm a 4.500 rpm funcionando unicamente com gasolina, enquanto que com etanol em seus dutos sua potência sobe para 117 cv e o torque passa para 16,8 kgfm a 4.500 rpm.

Versões e equipamentos (preços em breve)

Fiat Grand Siena Attractive 1.4

Traz de série, air bag duplo frontal, freios ABS com EBD, direção hidráulica, travas elétricas + trava automática das portas a 20 km/h, vidros dianteiros elétricos com one touch e antiesmagamento, chave-canivete com telecomando, sistema de abertura elétrica do porta-malas (Logo Push), faróis de neblina, volante com regulagem de altura, desembaçador temporizado do vidro traseiro, computador de bordo A e B (distância, consumos médio e instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso), alerta de limite de velocidade e manutenção programada.

Opcionais:

Ar condicionado, para-brisa térmico, sensor de estacionamento traseiro, sensor crepuscular, sensor de chuva, retrovisor interno eletrocrômico, volante de couro com comandos do rádio (seis botões), desembaçador com ar quente, vidros traseiros elétricos com one touch e antiesmagamento, apoia-braço para o motorista, espelhos retrovisores externos com comando elétrico, banco do motorista com regulagem de altura, rodas de liga-leve 15”, rádio CD player com MP3, rádio CD player com MP3 + viva-voz Bluetooth® + USB + iPod®, painel bicolor com insert molding, e acabamento interno em tecido exclusivo.

Fiat Grand Siena Essence 1.6

Além de todos os itens de série presentes na versão Attractive, traz ar-condicionado, rodas de liga-leve 16, banco do motorista com regulagem de altura, indicador de temperatura externa, luzes de leitura tipo spot na dianteira, detalhes internos cromados e frisos laterais cromados.

Opcionais:

Air bags laterais dianteiros, sensor de estacionamento traseiro, sensor crepuscular, sensor de chuva, retrovisor interno eletrocrômico, espelhos retrovisores externos com comando elétrico, vidros traseiros elétricos com one touch e antiesmagamento, apoia-braço para o  banco do motorista, kit de parafusos antifurto nas rodas, rádio CD player com MP3, rádio CD player com MP3 + Bluetooth® + USB + iPod®, volante de couro com comandos do rádio (seis botões), cruise control, painel bicolor com insert molding e acabamento interno em tecido exclusivo.

Com câmbio Dualogic a versão ganha Cruise Control de série e pode contar com alavanca de troca marchas tipo borboleta no volante.

Fiat Grand Siena Tetrafuel 1.4

Entre os equipamentos de série estão air bag duplo frontal mais freios ABS com EBD; ar condicionado; direção hidráulica, travas elétricas; vidros dianteiros elétricos com one touch e antiesmagamento, entre vários outros itens, além de quadro de instrumentos com display que, por meio de duas barras digitais, mostra o nível de combustível líquido (gasolina ou etanol, do lado direito) e de GNV (do lado esquerdo). Tirando o ar condicionado, que já vem de série, seus opcionais são os mesmos do Grand Siena Attractive, acrescido de chave telecomando e faróis de neblina.
A garantia é de apenas um ano para todas as versões.

Galeria

(Clique nas imagens para ampliar e aproveitar a nova visualização)

 

Tags: , , , , ,