Os primeiros rumores que adiantavam um motor flex para o Tucson surgiram em 2010 e apontavam para 2011 seu lançamento. No entanto, só agora o modelo – que é fabricado pela CAOA em Anápolis desde 2010 – receberá motor que também pode ingerir etanol ainda neste mês, segundo o jornalista Pedro Kutney, do Automotive Business.

A Hyundai CAOA conseguiu escapar do IPI para importados, e aponta que os modelos fabricados por aqui tem mais de 70% dos componentes nacionalizados, incluso o Tucson, que em 2010 possuia apenas 25% dos componentes fabricados por aqui. Uma rápida nacionalização que deverá se acentuar com a inclusão de um sistema de injeção flex em seu motor 2.0.

No entanto, a produção  do ix35 na fábrica goiana poderá atrazar, justamente por causa do IPI, mas segundo Autoesporte as primeiras unidades flex do modelo desembarcam no Brasil este mês. De toda forma, com o início das operações da Hyundai no Brasil, ficará a cargo da CAOA a produção de modelos com deslocamento maior que 2 litros no Brasil até o fim de seu contrato. A fábrica de Piracicaba, que pertence à Hyundai ficará em carregada de veículos menores – em um primeiro momento o HB, que será lançado no 2° semestre.

Fonte | Automotive Business

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

 

Tags: , , ,