Aos poucos a SsangYong está aprendendo a fazer carros bonitos, e não exóticos. O melhor que ela fez até hoje foi o SUV Korando, que teve o design assinado pelo estúdio do designer italiano Giorgetto Giugiaro. Pra não errar a mão, ao reestilizar a picape Actyon Sports usaram o SUV como base. O resultado é Korando Sports.

Não é uma evolução total, o que já se sabia desde que mostraram o conceito SUT 1 no Salão de Genebra do ano passado. Até mantiveram o santo antonio, que parece ser de fibra, e que tenta harmonizar o desenho, mas que ao mesmo tempo é bem estranho. Um problema que pode ser solucionado pela capota opcional.A dianteira foi totalmente modificada, ao passo que a traseira ostenta apenas novas lanternas, e entrega não se tratar de um projeto novo. O interior, praticamente inalterado, ratifica suas impressões. Mudaram apenas o quadro de intrumentos e puseram acabamento prateado no console e um sistema multimídia.

A picape não evoluiu copletamente, mas se olharmos os antecessores, o Musso, de 2002 e o Actyon Sports, de 2006, ao menos vemos que a SsagYong está empenhada reformulação de seus modelos.No que diz respeito a motorização, ele está bem servido como o Korando. Se trata de um 2,0 litro e-XDi200 diesel que gera 155 cavalos e torque máximo de 36.7 kgfm, com consumo declarado de 15.6km/l. Ele é adepto às normas de emissões Euro 5, e estará disponível tanto com tração traseira como nas quatro rodas. Controle de estabilidade é equipamento de série. Pelo visto o lançamento no Brasil é só questão de tempo. E por falar em Brasil a marca estuda mudar seu nome por aqui como antecipamos com exclusividade em dezembro (veja aqui).Fotos | SsangYong/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

 

Tags: ,